Marketing

Como implantar um projeto de marketing digital para seu estabelecimento

Como implantar um projeto de marketing digital para seu estabelecimento

O marketing digital pode ser usado para qualquer tipo de estabelecimento que atua com alimentação fora do lar, independentemente do porte ou segmento. Seguindo as etapas e tomando ações práticas para torná-las realidade na sua empresa, é possível que em menos de um mês você já tenha uma estratégia de marketing digital para atrair novos clientes.

  1. Defina as suas Personas

Personas são personagens semifictícios usados para representar (para você e sua equipe) quais são os perfis dos seus possíveis clientes. Um exemplo de persona para restaurante de luxo, por exemplo, seria: José Cardoso, diretor de uma multinacional, renda acima de R$ 15.000 por mês, casado. Se interessa por esportes, cinema e livros de gestão. Seu maior desafio é encontrar um restaurante de qualidade, em São Paulo, para levar a sua esposa no dia do aniversário dela.

Como se percebe, essa persona pode ser dividida em três informações fundamentais: perfil social, interesse e desafio. Algumas empresas usam personas mais complexas e detalhadas, mas, inicialmente, essas informações são mais do que o suficiente para criar a sua estratégia de marketing digital.

Vale lembrar que as suas personas (recomenda-se não ter mais de três) devem ser semifictícias porque, apesar de surgir do imaginário, as informações devem ser baseadas na realidade. Caso você ainda não conheça o seu público, é importante fazer entrevistas e pesquisas na internet para saber quais são os comportamentos das pessoas que você quer atrair para o seu estabelecimento.

  1. Faça uma lista das palavras-chave

Agora que você já definiu qual é o perfil do consumidor que deseja atrair, pergunte-se o seguinte: o que ele pesquisaria no Google se desejasse comer fora de casa? Com base nessa pergunta, faça uma lista de pelo menos 10 palavras-chave. Em seguida, use o

Google Keyword Planner ou qualquer outra ferramenta para análise de SEO e veja qual é o volume de busca de cada uma delas.

Pronto, agora você já tem uma análise quantitativa de quais são as palavras-chave mais procuradas e, portanto, pode focar todas as suas próprias ações nelas. Dessa maneira, você já pode dar os primeiros passos em SEO (Search Engine Optimization), que é uma das áreas mais complexas do marketing digital, além de estar em constante atualização.

  1. Crie um site responsivo

Um site funciona como uma vitrine do seu negócio na internet. Por isso, contrate uma agência ou um profissional freelancer para criar um site responsivo (ou seja, que possa ser aberto sem problema no celular ou tablet) e insira nele informações básicas do seu negócio como nome, endereço, telefone, cardápio, fotos do local e formulário de contato.

Muitos estabelecimentos de alimentação fora do lar também gostam de criar um sistema de reserva online. Porém, este mecanismo é um pouco mais complexo e por isso não deve ser um limitante para você ter o seu site. Lembra das palavras-chave que levantamos no segundo passo? Use-as no seu site.

Além de passar uma mensagem mais clara para os seus potenciais consumidores, ter essas palavras-chave ao longo do conteúdo irá ajudar o Google a “reconhecer” o seu site e consequentemente colocá-lo no topo dos resultados de busca.

  1. Esteja presente nas mesmas redes sociais que o seu público.

Um erro comum de empresas que começam a se aventurar no Marketing Digital é criar um perfil no máximo de redes sociais possíveis, para só depois reconhecer que é impossível manter todas ativas com qualidade. Por isso, é muito importante para a imagem da sua marca (e seu bolso) que você esteja presente apenas nas redes sociais que o seu público-alvo está.

No contexto de alimentação fora do lar, certamente as redes sociais ideias para o seu negócio são o Facebook e Instagram. Crie a página da sua empresa em ambas, configure-as, deixe-as bonitas, mas, principalmente, procure utilizá-las diariamente com fotos, informações e dicas para seus potenciais clientes. Não esqueça de levar em consideração as personas.

Como destaca Márcia Calderon Sister, consultora especialista em marketing gastronômico: o consumidor agora tem voz ativa e ele tem que ser incentivado a falar, e bem. As pessoas indicam, colocam nas redes sociais, e até convidam amigos para participar de experiências extraordinárias em restaurantes. Seus clientes sempre se lembram de experiências positivas.

  1. Produza conteúdos úteis e relevantes

Entre profissionais de marketing digital é comum ouvir que “o conteúdo é o combustível do marketing digital”. Isso porque, tanto os seus clientes quanto os mecanismos de buscas, valorizam muito a relevância e qualidade das informações que você dispõe na internet. Por isso, crie o máximo de conteúdo que o seu orçamento permitir. Publique textos em seu site sobre como escolher um restaurante de qualidade, como fazer uma surpresa para a esposa ou porque todo mundo deveria comer aquele prato que você oferece no seu estabelecimento. Use as redes sociais para publicar fotos e dicas rápidas, grave vídeos e procure sempre agregar valor às pessoas – no fim, é isso que vai fazer a diferença entre elas escolherem você ou o seu concorrente.

  1. Tenha uma estratégia de divulgação

Conteúdo de qualidade é um dos principais pilares de uma estratégia eficiente de marketing digital, mas sem divulgação, como ele vai chegar até os seus potenciais clientes? A divulgação de um conteúdo pode ser paga ou orgânica. O que isso significa?

Paga: chamados de “links patrocinados”, são anúncios dispostos em sites de terceiros, no Google ou nas próprias mídias sociais. São fáceis e, quando direcionados de forma correta, podem apresentar um ótimo custo-benefício.

Orgânica: acontece conforme os sistemas de buscas como o Google reconhecem que o seu site é relevante para as pessoas que fazem buscas (usando certas palavras-chave) ou através de posts nas redes sociais, compartilhamentos e referências.

Apesar de ser mais trabalhoso, é a divulgação orgânica que apresenta o melhor custo-benefício no médio e longo prazo.

Não é preciso se esforçar muito para perceber como a internet mudou a forma como as pessoas e empresas interagem entre si. Hoje, qualquer pessoa com um smartphone consegue comparar, em alguns segundos, todas as opções disponíveis na cidade. O seu bar ou restaurante já está preparado para esta realidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *